Project Description

PrimaX I

O detector de gás PrimaX I da MSA, possui sensores para detecção de Gases Tóxicos e oxigênio e é montado em Invólucro robusto em nylon, antiestático com grau de proteção IP67. O design inovador de seu invólucro, adequado a ambientes internos e externos, permite instalação rápida e simplificada através de placa de montagem integrada.

O detector possui um amplo display LCD de fácil leitura, além de um teclado integrado que permite calibrar e configurar o equipamento de forma rápida e simplificada. O detector possui saída analógica de 4-20 mA e opção de comunicação digital HART.

Solicite um orçamento
  • Detector MSA para gases tóxicos PrimaX I
  • Detector MSA para gases tóxicos PrimaX em uso
Todas
Todas
Tóxicos (H2S, CO, NH3, CI2, SO2, HCN, HCI, H2, NO2, PH3, SiH4, NO, HF, HBr, GeH4, F2, Br2, AsH3)

Ficha Técnica

Tecnologia de sensor: Eletroquímico
Tempo de resposta típico: τ50 ≤10 s. / τ90 ≤ 30 s. (combustível)
τ20 ≤12 s. / τ50 ≤ 30 s. (oxigênio e tóxico)
Vida útil do sensor:  até três anos em ar limpo
Aprovações de segurança: INMETRO, SIL 2
Display: LCD Alfanumérico
Proteção de ingresso: IP 67
Material: Nylon reforçado antiestático
Peso: 0,7 kg
Dimensões: 260 x 340 x 220 mm
Umidade: 5% a 95% de umidade relativa sem condensação
Temperatura de operação: –40 °C a +70 °C (–40 °F a +160 °F)
Faixa de pressão de operação: 220 x 162 x 81 mm
Tensão de alimentação:  19,2 a 28 VDC (24 VCC nominal)
Sinal de saída: 4 a 20 mA (carga máx. de 300 ohm)
Consumo de energia:  0,7 W a 24 VCC
Protocolo digital HART:  Diagnósticos e configuração

Características

  • Invólucro robusto em nylon, antiestático com grau de proteção IP67;
  • Placa de montagem integral para uma instalação rápida e simplificada;
  • Visor LCD grande de fácil leitura;
  • Sensor do tipo plug-in;
  • Sinal de saída de 4 a 20 mA e SIL 2;
  • Opção de comunicação digital HART.

Fabricante

Logo MSA

Solicite um Orçamento